kalimah.top
a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x y z 0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 #

0800 crew – vacina de adrenalina كلمات اغاني

Loading...

(chefe tf)
eu não conto com a sorte, nem a morte me mata em treta
eu sou parceiro do azar, porque eu só curto gata preta
espero que caia um cometa aqui, e ajude a extinguir
geral que faz rap ruim, vai sobrar pouco mc

entre os que sobrar, tô ali, salvador igual dali
cês querem punchlines? eu espanco muhammad ali
odeio mcs que correm atrás de money aflitos
me irritam igual comerciais dos tais dos pôneis malditos

amortecem mentes pra que não questionem seus mitos
enquanto eu pego o microfone e mato clones aos gritos
mande boombap ou trap, bumbo e clap, de flows tenho um leque
ponde mcs em xeque, cheques não compram meus raps

blefes, vêm com essas ideias de swing ou swag
eu não vim trocar de esposa e nem usar calça legging
não quer dizer que por isso eu sou melhor que você
mas o meu rap é o que o seu verso queria ser quando crescer

(refrão)
meu verso contamina minas, que não tem dono
vacina de adrenalina, e não tem como
não fazer rimas nas esquinas, se eu to sem sono
colo com os mano negresco, porque no rap eu sou bono

(asiatiko)
cês querem crunk no som, sendo mais pink que floyd
cheguei no dunk, lebron, bem mais psico que o freud
rap é teu forte? nocauteio como spider, belfort
meu porte é o under da oeste, deixo sua mente sem norte

roubei a cena sem corte, virei problema, anote
meu nome no seu death note, sou mais temido que a morte
pode me chamar de lord, bato mais que record
então se comporte, porque viro o jogo só por esporte

cês gelam, como snowboard, sequela no flow hard
parte veloz como bolt, quando ver minha colt sai de…
perto, esperto, fica em choque, pois meus versos viram voltz
conte para o universo, como é agir como um covarde?

já vai tarde, com seu cordão de diamante
amante do meu underground mas virou casaca, saca?
fã escondido, inc-mbido a ser inconstante
também gosto de batida, por isso minha rima ataca

(refrão)
meu verso contamina minas, que não tem dono
vacina de adrenalina, e não tem como
não fazer rimas nas esquinas, se eu to sem sono
colo com os mano negresco, porque no rap eu sou bono

(dé saiyajin)
poeta, pique quintana
meu leque de palavras mata mais que o da kitana
avisa pros que trama, que não me importa a data
eu sou a mais desenvolvida espécie do filo chordata

o meu som causa o delírio, seja atrevida ou beata
vai achando que tá doce, eu te estouro que nem pinata
não ostento com sonata, sei que no verso eu sou nata
um real pra cada punch e eu virava magnata

meu som é cerol chileno, e te faz perder a linha
se alguns vem pra bater meta, eu já espanquei as minha
e no quintal do errado eu sou chuva de canivete
eu só vim pra ser mais justo que os short das piriguete

tem branco na lista preta, e eu não tô falando de cota
anota, eu tenho o controle, tua chance é mais que remota
underground como um fóssil, nada dócil, vou na bota
o rap é seu negócio? então diz isso pro frota